Tudo sobre Arrays

Arrays (Matriz / Vetor)


 

É uma estrutura de dados que contém uma série de dados ordenados, chamados "elementos". Os elementos são referenciados por número ordinal, primeiro elemento é 1, segundo 2... Os elementos podem ser de qualquer tipo, caracter, numérico, data etc.

Você lembra do conceito de Matriz quando nas épocas de colégio, em Matemática??? Pois é, a mesmíssima coisa!

Um Array ou matriz é uma variável em clipper que armazena vários valores, onde tais valores são armazenados e consultados através de sua posição na matriz.

Vejamos um exemplo de uma matriz numérica de 4x3 (4 linhas e 3 colunas):

Que poderia ser representada assim:

Onde cada anm é um valor da matriz. Por exemplo, se você quisesse saber o valor de a32 na matriz B você encontraria o número 25. Analogamente os outros valores.

 

Vejamos outro exemplo, agora de uma matriz de uma só coluna, de 3x1 (3 linhas e 1 coluna), também conhecida de Vetor (só quando uma coluna):

Que poderia ser representada assim:

Onde cada anm é um valor da matriz. Por exemplo, se você quisesse saber o valor de a21 na matriz C você encontraria o número 7. Analogamente os outros valores.

Agora que você entendeu bem a idéia, vamos traduzir isso para linguagem Clipper:

A matriz B poderia ser contruída em Clipper da seguinte maneira, compare com a imagem:

Em Clipper:Na Matemática:
// definindo a matriz:
B := ARRAY(4,3)
// atribuindo valores
B[1][1] := 10
B[1][2] := 20
B[1][3] := 40
B[2][1] := 15
B[2][2] := 35
B[2][3] := 42
B[3][1] := 53
B[3][2] := 25
B[3][3] := 37
B[4][1] := 12
B[4][2] := 91
B[4][3] := 33
Outra forma em Clipper, atribuição dinâmica de uma matriz:
Em Clipper:Na Matemática:
// definindo a matriz:
B := {}
// atribuindo valores
AADD(B, {10,20,40})
AADD(B, {15,35,42})
AADD(B, {53,25,37})
AADD(B, {12,91,33})

Para consultar o valor de a32 da matriz B em clipper você poderia usar:

? B[3][2]

 

A matriz C poderia ser contruída em Clipper da seguinte maneira, compare com a imagem:

Em Clipper:Na Matemática:
// definindo a matriz:
C := ARRAY(3)
// atribuindo valores
C[1][1] := 3
C[1][2] := 7
C[1][3] := 4
Outra forma em Clipper, atribuição dinâmica de uma matriz:
Em Clipper:Na Matemática:
// definindo a matriz:
C := {}
// atribuindo valores
AADD(C, 3)
AADD(C, 7)
AADD(C, 4)

 

Para consultar o valor de a21 da matriz C em clipper você poderia usar:

? C[2]

Atenção: Se você colocar uma posição além do tamanho do array, o sistema retornará um erro de BASE/1132 Bound error: array access porque o elemento referenciado não existe. Por exemplo, se fizéssemos ? C[4] na matriz C citada acima, suscitaria este erro, pois C[4] não existe!

Ok, agora vamos para outro passo.

Para se buscar um valor dentro do Array, usa-se a função ASCAN(), vamos recordar sua sintaxe:

ASCAN(<aARRAY>, <expPROCURA>,[<nINICIO>], [<nCONTAGEM>])

Onde:
 
aARRAY = Array onde se fará a pesquisa.
 
expPROCURA = Expressão de procura, pode ser um valor de qualquer tipo (caracter, numerico, data ou lógico) ou um bloco de código (code block).
 
nINICIO = Opcional. Valor númerico que representa o elemento inicial de pesquisa, qual a posição do Array que deve iniciar a pesquisa. Se omitido, o valor padrão será 1 (inicio do array)
 
nCONTAGEM = Opcional. O número de elementos que irá pesquisar a partir de nINICIO. Se omitido, o valor padrão será o tamanho do array ( LEN(aARRAY) ).

ASCAN() retorna um valor numérico representando a posição do elemento procurado caso este seja encontrado, caso contrário, retornará 0 (zero).

 

Agora veja alguns dos diversos modos de buscar um valor dentro de um Array, usando a função ASCAN() do Clipper:

Exemplo 1: Busca simples.

aArray := { "Tom", "Mary", "Sue" }

? ASCAN(aArray, "Mary") // Resultado: 2
? ASCAN(aArray, "mary") // Resultado: 0
? ASCAN(aArray, { |x| UPPER(x) == "MARY" }) // Resultado: 2

Exemplo 2: Verificar quantas ocorrências de um valor dentro do Array.

aArray := { "Tom", "Mary", "Sue","Mary" }
 
nStart := 1 // Armazena última posição do elemento no Array
nAtEnd := LEN(aArray) // tamanho da matriz
DO WHILE (nPos := ASCAN(aArray, "Mary", nStart)) > 0
   ? nPos, aArray[nPos] // mostra posicao e valor.
   // Atribui nova posicao inicial e testa
   // com tamanho da matriz (evitar erro).
   IF (nStart := ++nPos) > nAtEnd
      EXIT
   ENDIF
ENDDO

-------

Obs.: A linha: DO WHILE (nPos := ASCAN(aArray, "Mary", nStart)) > 0

é o mesmo que:

nPOS := ASCAN(aArray, "Mary", nStart)
DO WHILE nPOS > 0
   nPOS := ASCAN(aArray, "Mary", nStart)

 

Exemplo 3: Este exemplo procura uma matriz bi-dimensional usando um bloco de código (code block). A função retornará a posição da linha do elemento procurado. Note que o parâmetro aVal no bloco de código é uma matriz e que aVal[2] significa coluna 2 da matriz (alí você colocará o número da coluna que você irá procurar):

aArr:={}
CLS
AADD(aArr,{"um",   "dois"  })
AADD(aArr,{"três", "quatro"})
AADD(aArr,{"cinco","seis"  })

? ASCAN(aArr, {|aVal| aVal[2] == "quatro"}) // Retornará 2.