Blog de Anderson

COMO CRIAR RAID0 com uma placa de conectividade PCI-e.

Quando você instala 2 HDs em RAID0 ele soma a capacidade dos 2 HD em um só, é como você tivesse apenas 1 HD com o dobro da capacidade dos 2. É como se esse HD tivesse duas cabeças de leitura e gravação, duplicando sua velocidade, por exemplo, em um arquivo de 128Kb ele grava parte em um HD (64Kb) e a outra parte no outro (64Kb) ao mesmo tempo. Daí você consegue uma perfomance comparável ao WD Velociraptor com precinho de banana!

Minha placa-mãe Intel DG31PR que ostenta o meu Core2quad não suporta RAID... Daí comprei uma placa de conectividade (Add on card) PCI-e9047 - SATA II "Placa PCI Express X1 SATA II" da marca Comtac com bios da Silicom que suporta RAID para resolver o problema.

ATENÇÃO: Há placas PCI com saída SATA e SATA II, mas uma placa PCI tem um bus de ATA (PATA), ou seja, terá 133Mb/s de velocidade de transferência que não chega nem nos 150Mb/s de um SATA I, muito menos nos 300Mb/s de um SATA II. Compre uma placa PCI Express que dá!

Tive que manter os 2 HDs anteriores porque depois de definir o RAID você tem que converter o drive dinâmico em HD básico, formatar e atribuir uma letra de unidade em PAINEL DE CONTROLE > FERRAMENTAS ADMINISTRATIVAS > GERENCIAMENTO DO COMPUTADOR > ARMAZENAMENTO > GERENCIAMENTO DE DISCO. O utilitário da bios da placa não faz tudo isso... Tive que instalar o utilitário SATARAID5 Windows XP (outro HD) para terminar a criação do RAID antes disso.

Daí renicia e muda o boot para o DVD para instalar o Win7. Então, carregue os drivers da placa para que o Windows reconheça o HD. Selecione o HD e comece a instalação.

Quando o micro reiniciou para continuar a instalação, deu erro e reiniciou sozinho. Entre de novo pelo DVD de instalação e escolhí REPARAR, carreguei os drivers para reconhecer o HD com a instalação prévia do Windows, daí disse que o recovery não dava suporte a esta versão do Windows...

Apaguei todos os RAID e resolvi tentar tudo de novo do utilitário da BIOS. Percebi que tinha algo errado, nao tinha selecionado os 2 HD para fazer RAID, por isso no Windows dava um RAID Legacy verde (ok) e um outro vermelho (problema). Dei um quick low format em cada HD e daí disponibilizaram-se os 2 HD para que eu pudesse juntá-los em RAID... e a saga continua!

Andei pesquisando sobre a melhor relação entre CHUNK SIZE e CLUSTER. Cluster é a menor parte de uma informação gravada o disco, por padrão é 4Kb no sistema NTFS, enquanto que CHUNK SIZE é o tamanho do pedaço da informação que é separada para gravação/leitura simultãnea nos discos em RAID 0.

Aí fiquei na dúvida se era melhor: 16K cluster x 8K chunk; 8K cluster x 8K chunk ou 8K cluster x 16K chunk... muita matéria na internet sem objetividade conclusiva. Várias opiniões a respeito e sempre que tudo depende do tamanho dos arquivos que você normalmente trabalha. Se trabalha com arquivos grandes como edição de vídeo, seria chunks maiores possíveis a melhor perfomance... mas, e o cluster não tem nada a ver? Sinceramente, cansei de procurar... vou colocar o padrão 4K cluster e 16K de chunk e pronto!

Pior é que eu quero editar vídeos... mas, existe mais programas pequenos de 16K no mundo do que outra coisa.

Vou agora tentar criar um disco de instalação do Win7 com o vlite colocando os drivers da placa RAID nela pra ver o que dá... nunca fiz isso, mas vou meter a cara.

Divulgar conteúdo